5 Estratégias atuais e efetivas de marketing digital

SEO negativo: entenda o que é e como ele pode prejudicar o desempenho do seu site
9 de dezembro de 2020
Otimize suas vendas com as estratégias de Marketing Digital
23 de fevereiro de 2021

O marketing digital, há anos, é uma das principais estratégias utilizadas pelas empresas para se aproximar dos clientes. Com a chegada surpreendente de uma pandemia, causada pelo novo coronavírus, em 2020 ele se tornou, muitas vezes, a única forma das companhias apresentarem as soluções dela.

Apesar das barreiras e da crise econômica, os profissionais da área desenvolveram ainda mais as já conhecidas estratégias de marketing digital. Por meio delas, as empresas têm novas possibilidades de se conectar ao público-alvo, que a depender da região, ainda está impossibilitado de participar de eventos ao ar livre, como shows e grandes feiras.

Como esse cenário, ao que tudo indica, se estenderá por 2021, é muito importante aproveitar as novas tendências do marketing digital. E, com isso, alcançar o resultado esperado.

Portanto, abaixo, em destaque, estão 5 estratégias muito atuais que podem ser aplicadas a diferentes tipos de negócios.

1 – Criação de conteúdo personalizado.

Oferecer conteúdo gratuito aos clientes é uma das maneiras mais eficientes de se atrair a audiência. Por outro lado, compartilhar um conteúdo genérico pode transmitir a impressão de que todo cliente é igual. Isso, sem dúvida, é o oposto da conjuntura atual.

Para que uma estratégia de marketing digital seja ainda mais bem-sucedida, é fundamental apresentar um conteúdo que seja criado sob medida para cada grupo de clientes. Quando possível, é recomendado que o conteúdo seja personalizado até mesmo para um cliente específico.

As empresas que utilizam um CRM, por exemplo, podem analisar os dados de cada cliente e, por meio deles, programar o envio de um e-mail marketing personalizado. Basta que seja realizado a integração com uma ferramenta de automação de marketing. Esse modelo de estratégia é muito proveitoso, sobretudo para empresas que atuam no e-commerce.

2 – Vídeos.

As pessoas passam cada vez mais horas do dia assistindo aos vídeos de plataformas de streaming e das redes sociais, como o Instagram. Por isso, hoje, é vital que uma empresa utilize também a produção de conteúdo audiovisual para se aproximar dos clientes. O YouTube, por exemplo, pode ser uma excelente escolha para a divulgação de vídeos sobre os produtos ou serviços.

Na verdade, a plataforma oferece inúmeras possibilidades. Com um custo bem abaixo da TV, e uma audiência crescente, a companhia pode convidar especialistas para participar de lives, patrocinar eventos artísticos, ou até mesmo produzir web séries.

3 – Microinfluenciadores.

Um dos benefícios do marketing é a capacidade de renovar estratégias que um dia deram muito certo, mas que necessitam de atualizações com o tempo. Anos atrás, havia uma tendência entre as empresas de utilizarem grandes influenciadores para divulgarem suas marcas.

A premissa era simples. Uma empresa aproveitava a audiência desses influenciadores nas redes sociais para engajar um público jovem. Entretanto, esse modelo de estratégia apresenta pontos negativos. Assim como o anúncio em horário nobre na TV, as postagens desses influenciadores atingiam pessoas que não era o target da empresa. Com isso, o retorno do investimento era sempre abaixo do esperado.

Por outro lado, os micro influenciadores, mesmo com um número de seguidores bem menor, conseguem um retorno acima do esperado. Afinal, o conteúdo deles é direcionado para um público-alvo específico. Dessa forma, em 2021, é muito provável que as marcas deixem de ter foco apenas nos grandes influenciadores, mas invistam também nos pequenos influenciadores do segmento delas.

4 – SEO

Entre as estratégias de marketing digital citadas, essa é uma das mais antigas. Entretanto, como o SEO está sempre a se transformar, é vital que as empresas estejam sempre atualizadas. Afinal, a maioria dos consumidores usa as ferramentas de buscas para conhecer um pouco mais sobre um determinado negócio.

Atualmente, o SEO vai muito além da palavra-chave. É necessário otimizar o conteúdo, por exemplo, para ferramentas de busca por voz. Com a popularização de ferramentas como Siri e Alexa, milhões de pessoas já realizam suas buscas apenas falando com essas plataformas.

Outro ponto importante é a qualidade do conteúdo. O Google já dispõe de algoritmos que conseguem avaliar se o conteúdo, mesmo repleto de palavras-chave, é relevante para as pessoas.

5 – Chatbots.

Pode ser surpreendente para algumas pessoas, mas os chatbots já são utilizados por muitas empresas também para auxiliar nas estratégias de marketing digital. Esses assistentes virtuais, baseados em inteligência artificial, conseguem reproduzir uma linguagem humana e, dessa forma, interagir com a clientela.

No marketing, esses bots têm diversas aplicações. Uma delas, por exemplo, é a captação de leads. Afinal, sem a necessidade de conhecimentos em programação, uma empresa pode facilmente criar um roteiro que leve esse cliente em potencial a compartilhar dados como e-mail e telefone.

Os chatbots ainda funcionam muito bem para a compartilhamento de conteúdo. Caso um cliente pergunte sobre algum produto ou tenha interesse em saber um pouco mais sobre a empresa, o bot pode enviar para ele o link de uma newsletter ou até mesmo de um vídeo com mais informações.

FALE CONOSCO