SEO negativo: entenda o que é e como ele pode prejudicar o desempenho do seu site

publico-alvo
Público-alvo X Persona: Entenda as diferenças e trace o perfil certo para o seu negócio
9 de dezembro de 2020
5 Estratégias atuais e efetivas de marketing digital
23 de fevereiro de 2021

Com a popularização da internet muitos sites têm sido criados para falar de assuntos semelhantes. Esse cenário aumentou a concorrência pelas primeiras posições nos buscadores e, consequentemente, pelo primeiro clique dos internautas. 

Por esse motivo, se tornou primordial tomar algumas medidas para ganhar pontos com os mecanismos de busca e garantir que o site apareça na primeira página de resultados. 

Essas medidas fazem parte do SEO, um conjunto de estratégias que têm por objetivo justamente colocar os sites nas primeiras posições.

No entanto, apesar de ser amplamente conhecido no meio digital esse recurso pode prejudicar a página caso não seja usada corretamente. Quando isso acontece chamamos a estratégia de SEO negativo.

A seguir, saiba do que se trata esse conceito e por que você deve tomar cuidado com ele.

Diretrizes dos buscadores

Não há como conseguir posicionar sites no topo dos resultados de buscas e plataformas como o Google sem trabalhar com o SEO (Search Engine Optimization ou Otimização para motores de busca). Isso porque é esse recurso que irá dizer aos buscadores que o seu site é relevante e merece as primeiras posições.

É importante dizer que os buscadores têm critérios para determinar quais sites são relevantes e, assim, posicioná-los. O SEO, por sua vez, tem por objetivo adequar a estrutura do site e dos conteúdos para que eles atendam esses critérios.

No entanto, nos últimos tempos alguns administradores de sites têm utilizado estratégias para burlar regras do Google e melhorar a sua colocação. Tais estratégias são conhecidas como black hat. 

Além de ser desleal essa é uma prática arriscada, já que os algoritmos do Google estão cada vez mais eficientes quando se trata de rastrear e promover penalidades para sites que não estiverem de acordo com suas diretrizes.

Afinal, o que é SEO negativo?

Agora que você já sabe que para investir na produção de conteúdo para sites e blogs é necessário atender às regras e tomar cuidado com algumas práticas, chegou a hora de explicar o que é o SEO negativo.

De forma geral, o SEO negativo diz respeito à um conjunto de ações que são feitas com o objetivo de prejudicar o posicionamento dos sites concorrentes em mecanismos de busca como o Google, Bing ou Yahoo.

Normalmente, esse recurso é aplicado em páginas que chegaram de forma limpa no topo. Elas são vítimas de ataques que podem ser, entre outros, os seguintes:

  • Cópia e distribuição do conteúdo de determinado site para outras páginas;
  • Montagem de links com spam/vírus que direcionam para o site que está sob ataque;
  • Cópia de conteúdos de terceiros para serem replicados no site atacado. 

Sendo assim, podemos dizer que o SEO negativo tem o objetivo de praticar ações  black hat em páginas totalmente inocentes com o objetivo de fazê-las serem penalizadas e perderem posições nos buscadores.

Exemplo de SEO negativo

Imagine que você é o dono uma empresa de cabine de pintura móvel. A sua empresa tem um blog que está entre os mais bem colocados do segmento no Google. Por isso, o seu site é muito visitado, o que aumentou também a quantidade de pessoas que te procuram para contratar seus serviços. 

De olho na popularidade do seu blog, um site concorrente copiou o seu texto sobre cabine de pintura automotiva – que é o conteúdo mais popular e bem posicionado – e o espalhou por várias outras páginas na web. 

Por causa disso, o algoritmo do Google identificou esse conteúdo como duplicado e 

penalizou o seu site excluindo o texto dos resultados de buscas.

Quem faz esse tipo de ação? 

Existem muitas empresas e donos de sites que relatam ter sido alvo de ameaças, chantagens e ataques contra suas páginas por parte de pessoas que tinham o objetivo de prejudicar o posicionamento no Google. 

Infelizmente, a internet está cheia de hackers que oferecem o SEO negativo e ganham um dinheiro considerável com isso. Normalmente, eles são contratados por empresas concorrentes de determinado segmento ou pessoas mal intencionadas. 

Vale ressaltar que não é possível prever de onde virá esse tipo de ataque, por isso é importante que o site esteja sempre protegido.

Quais os danos que ele pode causar?

Ter links  seus em outros sites e vice versa é uma forma de promover a sua página e agregar relevância. Por isso, a inclusão de links de baixa qualidade ou que violem as diretrizes dos buscadores pode prejudicar a sua credibilidade e fazê-lo perder posições nas páginas de resultado. 

Os hackers também podem invadir e excluir o seu site ou até  alterar o código para que ele não apareça nos resultados de busca.

Outra ação feita por eles é criar perfis e sites falsos para propagar informações mentirosos com o intuito de manchar a imagem da empresa ou da página.

Na prática tudo isso funciona da seguinte forma:

Vamos supor que você tem um site que aborda temas do ramo de empresas de dedetização.

Um hacker cria um perfil falso no Facebook nomeado com uma variação muito similar ao nome do seu site. Nele, ele começa a publicar notícias mentirosas sobre o meio como, por exemplo, imagens de uma dedetização hospitalar mal realizada como se a sua empresa a tivesse feito. 

Essas publicações causaram reações negativas do público e denúncias de conteúdos impróprios. 

O próximo passo foi mudar o código para impedir que o seu site seja encontrado quando assuntos sobre dedetização hospitalar fossem pesquisados. 

Essas duas coisas minaram a imagem do site e impediram que ele recebesse novas vistas. Assim, você teve de reconstruir sua reputação novamente.

Como evitar que o seu site seja alvo do SEO negativo?

Apesar de ser uma prática extremamente nociva e bem estruturada existem algumas medidas que podem evitar que a sua página seja alvo do SEO negativo. 

Fique atento às seguintes coisas:

  • Programas maliciosos: Observe constantemente a presença de vírus e malwares para deletá-los assim que forem detectados;
  • Conteúdos duplicados: Nunca publique um conteúdo que já tenha sido postado em outro site sem dar os devidos créditos;
  • Backlinks: Antes de incluir o link de outro site verifique a sua reputação, não aceite fazer parcerias com sites que produzem conteúdos ruins ou inclua links desqualificados;
  • Menções ao seu site: As redes sociais são fatores importantes na reputação de sites. Por isso, verifique o que está sendo falado sobre você e leve em consideração a opinião do público.

A partir desse conteúdo você pôde aprender um pouco mais sobre os perigos da internet e como se prevenir deles. 

Tenha em mente que se sua reputação na internet não for boa, especialmente se o site em questão for ligado à uma empresa, as consequências no mundo físico serão bem reais e prejudiciais. 

Sendo assim, procure sempre aprender mais sobre segurança na internet e planeje bem as ações do seu site.

Conteúdo produzido pela empresa Business Connection

 

FALE CONOSCO